Trabalho, dedicação, história.

É sob estes desígnios que assenta a história dos 80 anos do Moreirense Futebol Clube. Ao serviço do desporto numa região, afirmando-se como um clube sólido e solidário. Projetando-se ainda no panorama nacional.
 

“Nasceu pequenino, mas valente, pelo bem e contra o mal, ganhou asas, voou alto e foi em frente, hoje é grande em Portugal”
Este é o refrão do hino do Moreirense, elucidativo do caminho percorrido pela instituição que já comemorou as sua Bodas de Diamante e se orgulha do currículo que apresenta.
Álvaro Almeida e António Pinheiro da Rocha são os principais responsáveis pelo nascimento do Moreirense. Ambos eram funcionários com cargos de alta responsabilidade na Indústria Têxtil Cuca, em Moreira de Cónegos. Proliferam testemunhos que eram pessoas de fácil trato e com capacidade para reunir os trabalhadores á volta de grandes desafios.

Como verdadeiros entusiastas da modalidade, lançaram-se num projeto ambicioso, decidindo a constituição de um clube com jogadores capazes de discutir títulos.

Álvaro Almeida foi o primeiro presidente da direção, mas quem assumiu na prática a organização dos jogos foi António Pinheiro da Rocha, homem com grande paixão pelo futebol.
Álvaro Almeida e António Pinheiro da Rocha sonharam e receberam o apoio estimulante de Francisco Félix, principal sócio-gerente da Cuca, também ele com ligações bem vincadas ao futebol, já que por ser natural e residente na cidade do porto, integrava órgãos sociais do Boavista Futebol Clube... o que ajuda a perceber o xadrez dos equipamentos.
O campo de Fermiz, inaugurado a 30 de Abril de 1939 (in Notícias de Guimarães, 14 de Maio de 1939), foi o primeiro campo de futebol do clube (Atualmente joga no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas com capacidade para 6000 adeptos), com localização contígua ao atual estádio. Nesse local realizou-se o primeiro jogo oficial em Moreira de Cónegos, embora sem a participação do Moreirense.

Foi no campo de Fermiz que o Moreirense iniciou as competições oficiais na Associação de Futebol de Braga na época 1939/40.

E assim tornou-se real o sonho alimentado por muitos quanto trabalharam nesta causa.

Mais  recentemente, na temporada 2016/2017,  o Moreirense carimbou uma das páginas mais bonitas da sua história, ao vencer a Taça da Liga derrontando na Final o SC Braga por 1 bola a zero.

PALMARÉS

Taça CTT 2016/17
Campeão Nacional da 2ª Divisão B 2000/2001; 94/95
Campeão Nacional Segunda Liga 2001/2002, 2013/14